Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/839
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorCostantin, Paulo Dutrapt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9122102556382761por
dc.contributor.advisor1Martin, Diógenes Manoel Leivapt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5645659189161082por
dc.contributor.referee1Basso, Leonardo Fernando Cruzpt_BR
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1866154361601651por
dc.contributor.referee2Kayo, Eduardo Kazuopt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/6629229841222438por
dc.contributor.referee3Castro Junior, Luiz Gonzaga dept_BR
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/9141600484719772por
dc.contributor.referee4Carvalho, Carlos Eduardo Ferreira dept_BR
dc.contributor.referee4Latteshttp://lattes.cnpq.br/4531178739960001por
dc.date.accessioned2016-03-15T19:31:14Z-
dc.date.available2007-11-14pt_BR
dc.date.issued2007-11-09pt_BR
dc.identifier.citationCOSTANTIN, Paulo Dutra. Fatores condicionantes da produtividade agrícola no Brasil no período de 1970 a 2005: uma abordagem neoclássica. 2007. 164 f. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2007.por
dc.identifier.urihttp://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/839-
dc.description.resumoEsta tese constata que a agricultura brasileira apresentou ganhos de produtividade ao longo das décadas de 1970, 1980, 1990 e nos primeiros anos da década de 2000 em decorrência da utilização de fatores como crédito agrícola, pesquisa, maior número de tratores, fertilizantes, corretivos e defensivos agrícolas. Desse modo, procura-se analisar e mensurar a influência dessas variáveis sobre a produtividade agrícola. Para tanto, foi elaborado um banco de dados contendo as informações que serviram de base para a realização de estimativas paramétricas e não-paramétricas para buscar as evidências do impacto desses fatores sobre o aumento da produtividade agrícola. A primeira etapa do trabalho consistiu em definir o conceito de produtividade, em conformidade com a teoria microeconômica neoclássica, para instrumentalizar a explicação este fenômeno, a partir dos conceitos de função de produção, função custo e progresso técnico. A segunda etapa consistiu na avaliação das propriedades dos métodos paramétricos e não paramétricos a serem utilizados. A etapa seguinte implicou a definição das técnicas a serem empregadas, em função da disponibilidade de informações. Assim, foram selecionadas as seguintes técnicas: o Data Envelopment Analysis (DEA), a Função de Produção Cobb-Douglas, a Função de Produção Translog e o Modelo de Vetor de Correção de Erros. O modelo DEA indicou a existência, ao longo de um período de trinta anos, de melhora tanto da eficiência técnica quanto do progresso tecnológico. O modelo de Cobb-Douglas identificou como principais fatores que contribuíram para o aumento da produtividade neste período a área colhida e os créditos de custeio e investimento. A função de produção Translog identificou que o progresso técnico permaneceu neutro, no tempo, em relação ao emprego de fatores, tendo apresentado efeito positivo sobre a produção. Verificou, ainda, que as reduções da área colhida, do crédito agrícola e do uso de defensivos, assim como o aumento da quantidade empregada de calcário, contribuíram positivamente para o progresso técnico. Por fim, o Modelo de Vetor de Correção de Erros identificou nas variáveis crédito agrícola e pesquisa e desenvolvimento efeitos positivos para o aumento da produtividade agrícola.por
dc.description.abstractThe current work aims to provide an inquiry into the causes of productivity increase observed in the Brazilian agricultural sector from the 1970s till the early years of the 2000s. Its working hypothesis is that gains in productivity are explained by factors like increased rural credit, research (technology), tractors, fertilizers and pesticides. More specifically, it analyses and estimates the impact of each of the foregoing variables on the trajectory of agriculture productivity increase in the period under study. In order to accomplish these tasks, we built up a database that gathered the relevant information for subsequent parametric (as well as non-parametric) estimation of the above specified explanatory variables. The first stage of the research consists of developing a conceptual analysis of the term productivity that fits well with neoclassical microeconomic theory and allows for a systematic explanation based on items like production function, cost function and technical progress. The second stage scrutinizes the properties of parametric and non-parametric research methods underlying the overall study. The third part specifies the selected techniques in tune with the available information. They refer to Data Envelopment Analysis (DEA), Cobb-Douglas Production Function, Translog Production Function and Model of Error Correction Vector. The DEA model suggests that there has been an improvement of technical efficiency as well as room for technological progress throughout the last three decades. Based on the Cobb Douglas model, we found out that the three main factors explaining productivity gains in the sector are harvest area, credit and investment. The Translog production function suggests neutrality of technical progress relative of factor employment over time and a positive effect on production. Additionally, it suggests that reduction of cultivated area,rural credit, pesticide and increase of employment of limestone (calcario)contributes to technical progress. Finally, the model of vector error correction identified that rural credit and R&D yield positive effects on agricultural productivity.eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-03-15T19:31:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Paulo Dutra Costantin.pdf: 1161497 bytes, checksum: 80c40c8fcef9308bff7d9389b7a7a3f0 (MD5) Previous issue date: 2007-11-09eng
dc.description.sponsorshipInstituto Presbiteriano Mackenziept_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/3145/Paulo%20Dutra%20Costantin.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.publisher.departmentAdministraçãopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.programAdministração de Empresaspor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectprodutividade total dos fatorespor
dc.subjectfunção de produçãopor
dc.subjectmodelo de vetor de correção de errospor
dc.subjectfunção de produçãopor
dc.subjecttotal factor productivityeng
dc.subjectmalmquisteng
dc.subjecttranslog production functioneng
dc.subjectdata envelopment analysiseng
dc.subjecterror correction vector modeleng
dc.subjectcobb douglaseng
dc.subjectproduction functioneng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAOpor
dc.titleFatores condicionantes da produtividade agrícola no Brasil no período de 1970 a 2005: uma abordagem neoclássicapor
dc.typeTesepor
Aparece nas coleções:Doutorado - Administração de Empresas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Paulo Dutra Costantin.pdf1.13 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.