Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/837
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorMalacarne, Robsonpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1165244321236233por
dc.contributor.advisor1Brunstein, Janettept_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8568710701792092por
dc.contributor.referee1Gouvêa, Ricardo Quadrospt_BR
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0739272940424108por
dc.contributor.referee2Teixeira, Maria Luisa Mendespt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/2179893747302901por
dc.contributor.referee3Coelho Júnior, Pedro Jaime dept_BR
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/0682311806037694por
dc.contributor.referee4Dias, Sylmara Lopes Francelino Gonçalvespt_BR
dc.contributor.referee4Latteshttp://lattes.cnpq.br/6059048919993035por
dc.date.accessioned2016-03-15T19:31:13Z-
dc.date.available2016-03-11pt_BR
dc.date.issued2015-05-07pt_BR
dc.identifier.citationMALACARNE, Robson. Desenvolvimento de competências para a sustentabilidade: uma análise dos discursos educacionais do BCSD Brasil e BCSD Portugal à luz de Derrida. 2015. 161 f. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2015.por
dc.identifier.urihttp://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/837-
dc.description.resumoA adoção da lógica de competências para discutir o Desenvolvimento Sustentável (DS) no ambiente empresarial surge a partir da preocupação em desenvolver ações que reconhecem a questão socioambiental estratégica na relação com os stakeholders. Neste contexto, Stone (2005) analisa a emergência e atuação de um ator relevante, os Think Tanks, que são grupos que buscam influenciar os governos e as empresas a adotar determinados discursos e iniciativas. Entre esses atores emergem aqueles que se ocupam em construir uma agenda para o mundo empresarial em direção ao DS, como o Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (WBCSD). Mas que sentido as ações educacionais promovidas por estes Think Tanks assumem nesse processo? Que natureza de competências promovem? Para responder a estas perguntas optou-se por estudar a atuação do Think Tank WBCSD, à luz da desconstrução de Derrida. Tomaram-se para isso os discursos de Desenvolvimento de Competências para a Sustentabilidade (DCpS), realizado pelos Conselhos (BCSDs) de Brasil e Portugal. A pergunta de pesquisa que orientou a presente investigação foi a que segue: Quais as traduções da lógica de DCpS, disseminadas pelo WBCSD, que se revelam em seus discursos educacionais? Na trajetória do estudo analisaram-se os documentos que apresentam o pensamento de DS da entidade (Visão 2050 e Ação 2020), a fim de entender os discursos e as iniciativas sustentáveis. Paralelamente, realizaram-se entrevistas com Coordenadores, Associados e Especialistas do BCSD Brasil e do BCSD Portugal para compreender as iniciativas e ações educativas de DCpS desenvolvidas por estes Conselhos entre os anos de 2010 a 2013. Para entender este jogo discursivo desenvolveu-se a metáfora de leitura Think Tanke, que serve para analisar a atuação do WBCSD, que pode desenvolver um pensamento carro blindado , fechado a outras traduções, e/ou assumir a postura de um moderador de discursos, mais associado ao pensamento cisterna . Explica-se que a cisterna é uma tecnologia popular que se baseia nos princípios de sustentabilidade e é aplicada no Nordeste do Brasil por meio da captação de água nos períodos de chuva, a fim de que nos momentos de crise de abastecimento utilize-se o líquido reservado. Nesse sentido, o pensamento cisterna representa a atuação do think tanke que se abre à diversidade de opiniões e leituras visando desenvolver estratégias para agir de um modo sustentável nos períodos de abundância e nas situações de crise. À luz de Derrida, os resultados da pesquisa revelam as ambiguidades e a natureza das competências presentes nos discursos e nas iniciativas que predominam nos programas de DCpS. Valoriza-se a adaptação dos empresários à lógica do DS num contexto discursivo que deseja a construção de uma nova relação entre empresa e sociedade, expressa no documento Visão 2050, mas que ainda não consegue ser consistente o suficiente para consolidar uma mudança efetiva. Para que o WBCSD avance em seu modo de agir, a entidade necessita reconhecer a sua responsabilidade na concretude e na efetividade das iniciativas de DCpS. Essa constatação exige que as ações educacionais da entidade além de desenvolver competências para responder a crise ambiental urgente, também precisa promover competências mais associadas a compreensão de um pensamento cisterna , que buscam responder a questão socioambiental em sua complexidade ao considerar as diversas traduções sobre a temática.por
dc.description.abstractThe adoption of the powers of logic to discuss Sustainable Development (SD) in the business environment arises from the concern of developing actions that recognize the strategic environmental issue in the relationship with stakeholders. In this context, Stone (2005) analyzes the emergence and performance of a relevant actor, the Think Tanks, which are groups seeking to influence governments and companies to adopt certain discourses and initiatives. Among these actors emerge those who are engaged in building an agenda for the business world into the DS, as the World Business Council for Sustainable Development (WBCSD). But what sense the educational actions taken by these think tanks take in this process? What kind of skills promote? To answer these questions we chose to study the performance of the Think Tank WBCSD, from Derrida's deconstruction. Took to this discourse and Skills Development Actions for Sustainability (SDfS), held by the Boards (BCSDs) of Brazil and Portugal. The research question that guided this research was as follows: What are the meanings of SDfS initiatives, disseminated by the WBCSD, which are revealed in his speeches and educational activities? In the study of the trajectory analyzed the documents that present the thought of the DS entity (Vision 2050 and Action 2020) in order to understand the discourses and sustainable initiatives. In addition, interviews were performed with Coordinators, Associate Specialists and BCSD Brazil and BCSD Portugal to understand the initiatives and educational activities of DCPS developed by these councils between the years 2010 to 2013. To understand this discursive game developed the metaphor read Think Tanke, used to analyze the performance of the WBCSD, which can develop a "thought armored car" closed the other translations, and/or assume the posture of a moderator speeches, most associated with the "thought tank " Explains that the "tank" is a popular technology that is based on the principles of sustainability and is applied in the Northeast of Brazil through water harvesting during the rainy season, so that the supply times of crisis to use liquid reserved. In this sense, the "thinking tank" is the work of "think tanke " that opens the diversity of opinions and readings in order to develop strategies to act in a sustainable way in times of plenty and in crisis situations. In light of Derrida, the survey results show the ambiguities and the nature of expertise in the speeches and initiatives that predominate in SDfS programs. Values to adapt the business to DS logic in a discursive context that want to build a new relationship between business and society, expressed in the document Vision 2050, but still can not be consistent enough to consolidate an effective change. For the WBCSD go in his ways the entity needs to recognize its responsibility in the concrete and the effectiveness of SDfS initiatives. This finding requires that the entity's educational activities as well as developing skills to meet the urgent environmental crisis, also needs to promote more associated skills to understand a " thought tank" that seek to respond social and environmental issues in their complexity when considering the various translations on the theme.eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-03-15T19:31:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Robson Malacarne.pdf: 1948784 bytes, checksum: 3d6201f0c3581e7bc4deeb85b46f5f3c (MD5) Previous issue date: 2015-05-07eng
dc.description.sponsorshippt_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/3133/Robson%20Malacarne.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.publisher.departmentAdministraçãopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.programAdministração de Empresaspor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectdesenvolvimento de competências para a sustentabilidadepor
dc.subjectthink tankpor
dc.subjectWBCSDpor
dc.subjectconselhos empresariaispor
dc.subjectdesconstruçãopor
dc.subjectDerridapor
dc.subjectskills development for sustainabiliteng
dc.subjectthink tankeng
dc.subjectWBCSDeng
dc.subjectbusiness councilseng
dc.subjectdeconstructioneng
dc.subjectDerridaeng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESASpor
dc.titleDesenvolvimento de competências para a sustentabilidade: uma análise dos discursos educacionais do BCSD Brasil e BCSD Portugal à luz de Derridapor
dc.typeTesepor
Aparece nas coleções:Doutorado - Administração de Empresas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Robson Malacarne.pdf1.9 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.