Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/611
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorBrito, Margarete Dias dept_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0158810423023335por
dc.contributor.advisor1Brunstein, Janettept_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8568710701792092por
dc.contributor.referee1Godoy, Arilda Schmidtpt_BR
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8335648990336274por
dc.contributor.referee2Rodrigues, Andrea Leitept_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/4860756897513148por
dc.contributor.referee3Sambiase, Marta Fabianopt_BR
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/1235732641318213por
dc.contributor.referee4Demajorovic, Jacquespt_BR
dc.contributor.referee4Latteshttp://lattes.cnpq.br/9459149100534130por
dc.date.accessioned2016-03-15T19:26:06Z-
dc.date.available2013-12-04pt_BR
dc.date.issued2013-08-20pt_BR
dc.identifier.citationBRITO, Margarete Dias de. Novas gerações de empreendedores e a sustentabilidade: um estudo em incubadoras de empresas universitárias. 2013. 111 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2013.por
dc.identifier.urihttp://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/611-
dc.description.resumoEsta pesquisa teve como objetivo analisar o sentido de desenvolver projetos empresariais sustentáveis para empreendedores vinculados a incubadoras universitárias. Pretendeu-se analisar as incubadoras de empresas universitárias, no intuito de compreender como esta nova geração de empreendedores executam seus projetos empresariais incorporando demandas de sustentabilidade. Além disso, pretendeu-se também discutir o papel da incubadora universitária na formação socioambiental da nova geração de empreendedores. Diversas instituições de ensino superior têm tentado promover uma educação sustentável, muitas reformularam seus currículos, incluindo disciplinas voltadas à educação ambiental e incentivando projetos ambientais. As incubadoras de empresas universitárias estão inseridas neste ambiente e devem incorporar em seus propósitos de atuação metas e ações que favoreçam a formação de empresas sustentáveis, social e ambientalmente. O avanço do tema sustentabilidade no universo empresarial tem chamado a atenção de diversos públicos, dentre eles os empreendedores, e tem levado este público a desenvolver planos de negócios por meio das incubadoras de empresas, considerando a gestão socioambientalmente sustentável. Para tanto, foi realizado um estudo qualitativo interpretativo básico em quatro incubadoras universitárias duas públicas e duas privadas. A pesquisa foi realizada com treze empreendedores cujas empresas incorporam ações socioambientais. Os dados, coletados por meio de entrevistas semi-estruturadas, foram analisados segundo o processo de analise de dados qualitativos proposto por Gibbs (2009). Os resultados demonstram que sustentabilidade se remete nas falas dos empreendedores à noção de valor, mencionada pelos entrevistados em associação com a ideia de ética, honestidade e de um pressuposto de responsabilização das empresas pelos atos que encerram. Outra concepção que atravessou as narrativas dos empreendedores foi à ideia de que sustentabilidade se trata de um ideal de conduta que parte de uma lógica de não agressão ao ambiente e mitigação de ações sustentáveis, em especial, as ambientalmente corretas. Conclui-se que os empreendedores guiaram seus negócios considerando, de alguma forma, questões de sustentabilidade, mas isso porque seus produtos e serviços acabam minimizando impactos ambientais. Outra constatação importante é que a questão da sustentabilidade socioambiental está longe de ser uma preocupação dos coordenadores das quatro incubadoras pesquisadas e sequer parece ser objeto de inquietação ou de alguma medida a ser tomada a curto ou médio prazo.por
dc.description.abstractIn this research we examine the projects developed by sustainable business entrepreneurs in the university incubators. It was intended to analyze business incubators university in order to understand how this new generation of entrepreneurs run their business projects incorporating sustainability demands. Furthermore, it was also intended discuss the role of the university incubator in environmental training the next generation of entrepreneurs. Several higher education institutions have tried to promote sustainable education; many reformed their curricula, including courses that encourage environmental education and environmental projects. The business incubators are included in this university environment and should incorporate in its purpose of performance targets and actions that favor the formation of sustainable enterprises, socially and environmentally. The advance of the sustainability issue in the business world has caught the attention of various stakeholders, including entrepreneurs, and this has led to develop business plans through business incubators, considering the socially and environmentally sustainable management. Therefore, we conducted a qualitative study in four university incubators - two public and two private. The survey was conducted with thirteen entrepreneurs whose companies incorporate environmental actions. Data were collected through semi-structured interviews were analyzed by the method of qualitative data analysis proposed by Gibbs (2009). The results demonstrate that sustainability is in the speeches of entrepreneurs refers to the notion of value mentioned by respondents in association with the idea of ethics, honesty and an assumption of corporate accountability for the actions they contain. Another design that crossed the narratives of entrepreneurs was the idea that sustainability it comes to an ideal of conduct that part of the logic of non-aggression to the environment and sustainable mitigation actions, in particular the environmentally correct. We conclude that entrepreneurs have guided their businesses considering sustainability issues because their products and services minimizing environmental impacts. Another important finding is that the issue of environmental sustainability is far from being a concern of the coordinators of the four surveyed incubators and even seems to be the object of unrest or any action to be taken in the short or medium term.eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-03-15T19:26:06Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Margarete Dias de Brito.pdf: 789381 bytes, checksum: 44e5ccc305a65ddeb7bb038392c77ed6 (MD5) Previous issue date: 2013-08-20eng
dc.description.sponsorshipFundo Mackenzie de Pesquisapt_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/2758/Margarete%20Dias%20de%20Brito.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.publisher.departmentAdministraçãopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.programAdministração de Empresaspor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectincubadora de empresaspor
dc.subjectsustentabilidadepor
dc.subjectempreendedorismopor
dc.subjectbusiness incubatoreng
dc.subjectsustainabilityeng
dc.subjectentrepreneurshipeng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESASpor
dc.titleNovas gerações de empreendedores e a sustentabilidade: um estudo em incubadoras de empresas universitáriaspor
dc.typeDissertaçãopor
Aparece nas coleções:Mestrado - Administração de Empresas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Margarete Dias de Brito.pdf770.88 kBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.