Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/4648
Tipo do documento: Tese
Título: François Truffaut e Arthur Schopenhauer: além do amor e da paixão
Autor: Góes, Véra Lúcia de 
Primeiro orientador: Araujo, Paulo Roberto Monteiro de
Primeiro membro da banca: Lopes, Ana Lúcia de Souza
Segundo membro da banca: Brito, Emerson Rodrigues de
Terceiro membro da banca: Oliveira, Lamartine Gaspar de
Quarto membro da banca: Cardoso, Rogério da Silva
Resumo: François Truffaut foi um grande crítico de cinema, com muitos trabalhos publicados nos Cahiers du Cinéma, revista francesa lançada na década de 40 e ainda em funcionamento. Depois de sua experiência como crítico, tornou-se um cineasta, compartilhando ideias com Jean-Luc Godard e outros, que, nos anos 60 e 70, lideraram o movimento francês mais tarde conhecido como Nouvelle Vague. Truffaut é reconhecido publicamente como tendo grande interesse nos relacionamentos românticos. Os temas básicos de seus filmes foram amor, mulheres e temporalidade. Arthur Schopenhauer, filósofo do século XIX, autor de Metafísica do Amor – Metafísica da Morte, obra que fala sobre a descrição do amor entre os sexos e suas consequências. Esta tese mostra o olhar de Truffaut que foi além do amor e da paixão e como seus filmes podem ser analisados pela teoria do filósofo.
Abstract: François Truffaut was a great film critic, with many works published in Cahiers du Cinéma, a French magazine launched in the 1940s and still in operation. After his experience as a critic, he became a filmmaker, sharing ideas with Jean-Luc Godard and others, who, in the 60s and 70s, led the French movement later known as Nouvelle Vague. Truffaut is publicly recognizes as having a keen interest in romantic relationships. The basic themes of all his films were love, women and temporality. Arthur Schopenhauer, 19th century philosopher, author of Metaphysics of Love – Metaphysics of Death, who expresses the description of love between the sexes and their consequences. This thesis shows that Truffaut’s gaze went beyond love and passion, reaching an almost unhealthy obsession with the speed of time, and how his films relate to the philosopher’s theory.
Palavras-chave: cinema
Nouvelle Vague
amor
Tempo
filosofia
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::CINEMA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Agencia(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citação: GÓES, Véra Lúcia de. François Truffaut e Arthur Schopenhauer: além do amor e da paixão. 2021. 95 f. Tese (Doutorado em Educação, Arte e História da Cultura) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2021.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/4648
Data de defesa: 28-Jan-2021
Aparece nas coleções:Doutorado - Educação, Arte e História da Cultura

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
VÉRA LÚCIA DE GÓES.pdfVéra Lúcia de Góes1.46 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons