Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/4095
Tipo do documento: Tese
Título: Representações sociais acerca do trabalhador do setor de logístico com mais de 45 anos
Autor: Vido, Keli Cristiane 
Primeiro orientador: Hanashiro, Darcy Mitiko Mori
Primeiro membro da banca: Teixeira, Maria Luisa Mendes
Segundo membro da banca: Bido, Diógenes de Souza
Terceiro membro da banca: Menin, Maria Suzana de Stefano
Resumo: Este estudo objetivou identificar e analisar as representações sociais acerca do trabalhador com ou mais de 45 anos do setor logística, paulista construídas de si. Para tal, foi utilizada como suporte teórico a Teoria das representações sociais, Abordagem estrutural proposta por Jean Claude Abric. Os dados da pesquisa foram obtidos a partir de questionários aplicados à 203 trabalhadores do setor logístico paulista em quatro empresas de relevância desse setor, no caso, Transnova Transportes, DHL, Veloz e Caminhões. Esses participantes do estudo ocupavam tanto cargos tanto operacionais como administrativos e gerenciais. O percurso metológico, por sua vez, compreendeu três etapas, a primeira construída por duas revisões da literatura sobre as publicações acadêmicas referentes ao trabalhador mais velho e as representações sociais, subsequente uma pesquisa qualitativa com os gestores das empresas pesquisadas objetivando compreender esse contexto laboral e por última uma pesquisa sobre as representações sociais desse profissional construídas de si. O instrumento de pesquisa da pesquisa sobre as representações sociais ancorou-se na Técnica de associação livre de palavras (TALP), que utilizou termos indutores de aquecimento e o termo indutor trabalhador do setor de logística com ou mais de 45 anos, aspecto central do estudo. A análise dos dados coletados com a TALP forma tratados por meio da Sinonímia e analisados com auxílio dos softwares Open Evoc e Iramuteq. Os resultados evidenciados demonstrados e apresentados pelo Quadro de Vérges, permitiram identificar e analisar os elementos constituintes das representações sociais, isso quer dizer, núcleo central, periferícos e de contraste. Esses resultados foram contrastados com a Análise Prototípica, que permitiu refinar esses resultados. Já com a Análise de similitude possibilitou entender as co-ocorrências estabelecida entre os elementos constituintes das representações sociais. Os resultados indicaram elementos das representações sociais acerca do trabalhador com ou mais de 45 anos do setor logístico pautada por aspectos dicotômicos e contraditórios como experiência e desvolarização, dedicação e aposentadoria, dividios por um conjunto de habilidades e estereótipos tanto positivos como negativos. Esses termos constituintes das representações sociais demonstram também que os trabalhadores pesquisados embora consigam relacionar seu contexto laboral aos elementos conceituais dessa realidade, possuem uma compreensão estereotipada de si. O conjunto de informações obtidas permite supor ainda, que tais representações sociais são sistematicamente alimentadas pelos próprios profissionais, que promovem a continuidade das práticas organizacionais incapazes de reter o capital humano na senioridade, uma vez que, preconizam o envelhecimento biológico atrelado ao inexorável declínio das capacidades laborativas e desengajamento profissional. O estudo como contributos possibilitou não somente identificar e analisar os elementos constituintes dessas representações sociais delineadas pelo próprio trabalhador, mas também subsidiar com esses resultados uma reflexão sobre a necessidade da transfomação das políticas e práticas organizacionais e criação de novas políticas públicas no Brasil, capazes de assegurar a permanência do trabalhador a partir dos 45 anos, ativo no mercado laboral. Contudo, ressalta-se como limitação do estudo a necessidade da ampliação da pesquisa em outros estados brasileiros e diversos setores, uma vez que, as retrata as representações sociais aqui investigadas tratam-se do trabalhador com ou mais de 45 anos do setor logístico paulista, construídas de si. Em suma, identificar, investigar e analisar as representações sociais do trabalhador mais velho do setor logístico paulista permitiu delinear o reflexo da expectativa social que frente a longevidade ainda reforça políticas e práticas que promovem o desengajamento desse profissional e são incapazes de gerar a autonomia real desse trabalhador frente seu processo de envelhecimento.
Abstract: This study aimed at identifying the social representations that São Paulo workers in the logistics sector who are 45 or older have built about themselves. In order to do this, the Theory of Social Representations, an structural approach proposed by Jean Claude Abric, was used as theoretical support. Data were obtained from a questionnaire applied to 203 workers performing operational, administrative and managerial positions in the logistics sector of companies such as Transnova Transports, Dhl, Veloz and Trucks. These study participants occupied operational, administrative and managerial positions. The metrological path was comprised of three stages: the first one built on two reviews of the literature on academic publications concerning older workers and social representations followed by a qualitative research with the managers of the researched companies aiming to understand this work context and finally a research on the social representations these professionals have built of themselves. This reseach toolabout social representations was based on the use of the Free-word Association Technique (represented by the acronym TALP, in Portuguese) which used inductive warming terms and the inductive term worker who is 45 or older, the central aspect of this study. The analysis of the data collected with TALP makes treaties by means of synonym and are analyzed with the help of the following softwares: Open Evoc and Iramuteq. As this is a research of qualitative nature, one has used synonymy in a structural approach of the words in order to analyze the collected material. The use of prototypical and similarity analyses has allowed the refinement of the constituent terms of the social representation of the researched group, rendering a more accurate understanding of its nucleus. The evidenced results demonstrated and presented by the Verges Framework allowed to identify and analyze the constituent elements of the social representations, that is to say, central nucleus periphary and of contrast. These results were contrasted with the Prototypic Analysis, which allowed us to refine these results. With the similitude analysis, one could understand the co-occurrences established among the constituent elements of social representations. The results indicated elements of the social representations about the logistics sector worker who is 45 or older based on dichotomous and contradictory aspects such as experience and devaluation, dedication and retirement, divided by a set of skills and stereotypes which are both positive and negative. These constituent terms of social representations also show that the workers which were part of the research, although they are able to relate their work context to the conceptual elements of this reality, have a stereotyped understanding of themselves. The set of information obtained allows us to suppose that such social representations are systematically fed by the professionals themselves, who promote the continuity of organizational practices unable of retaining human capital in seniority, since they advocate biological aging linked to the inexorable decline of labor capacities labor and professional disengagement. The study as a contribution has made it possible not only to identify and analyze the constituent elements of these social representations delineated by the worker himself, but also to contribute with these results a reflection on the need to transform organizational policies and practices and create new public policies in Brazil which will be able to ensure the active permanence of the worker from the moment he is 45 years old in the labor market. However, one must highlight that this study has a limitation which refers to the need to expand this kind of research to other Brazilian states and several different sectors, since the social representations investigated here are related to São Paulo workers who are ih the logistics sector, are 45 or older and refers to the representations they have built about themselves. The worker with or over 45 years of the São Paulo logistics sector, built of themselves. In short, identifying, investigating and analyzing the social representations of the older worker in the São Paulo logistics sector allowed us to delineate the response of the social expectation that, in the face of longevity, still reinforces policies and practices which promote the disengagement of these professionals and are incapable of generating the real autonomy of these workers facing their aging process.
Palavras-chave: representações sociais
trabalhador mais velho
idoso
setor logístico
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA)
Programa: Administração de Empresas
Citação: VIDO, Keli Cristiane. Representações sociais acerca do trabalhador do setor de logístico com mais de 45 anos. 2018. 161 f. Tese (Administração de Empresas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/4095
Data de defesa: 7-Jun-2018
Aparece nas coleções:Doutorado - Administração de Empresas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
KELI CRISTIANE VIDO.pdfKeli Cristiane Vido2.25 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons