Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/4016
Tipo do documento: Tese
Título: Fundos especializados versus fundos diversificados: análise de desempenho dos fundos de investimento imobiliários no Brasil (2011 – 2018)
Autor: Teixeira, Odilon Ferraroni 
Primeiro orientador: Forte, Denis
Primeiro membro da banca: Nakamura, Wilson Toshiro
Segundo membro da banca: Kimura, Hebert
Terceiro membro da banca: Hadad Junior, Eli
Quarto membro da banca: Cia, Joanília Neide de Sales
Resumo: Além de representarem uma fonte de funding para os empreendedores que desejam investir no setor imobiliário, os Fundos de Investimento Imobiliários (FIIs) são uma alternativa de investimento relevante para pessoas físicas, principalmente pela possibilidade de benefício fiscal. O presente trabalho teve o objetivo de analisar o desempenho dos fundos de investimento imobiliários no Brasil, compreendendo o impacto de estratégias de especialização do investimento em um único ativo e a diversificação do portfólio, além da efetividade de estruturas mitigadoras do conflito de agência, como a cobrança de taxa de performance. Adicionalmente, o trabalho verificou a existência de assimetria de informação entre o valor de mercado das cotas do fundo e valor de suas cotas patrimoniais. A amostra foi constituída por dados de 74 FIIs listados no Índice IFIX da BM&FBovespa, em setembro de 2017, avaliando seus dados desde a criação do IFIX. Para a verificação das hipóteses, foram realizados testes de regressão através do método de Ordinary Least Squares (OLS), por meio do software Stata, e as análise foram feitas nos seguintes períodos: de janeiro de 2011 a agosto de 2018, e de março de 2014 a agosto de 2018, com dados obtidos das bases de dados da Bloomberg, B3 e CVM. O estudo constatou que os fundos de investimento imobiliários no Brasil não seguem o conceito estabelecido na teoria de finanças, em que os fundos diversificados conseguem minimizar o risco do investimento por meio da diversificação de seu patrimônio, uma vez que os fundos diversificados apresentaram maior volatilidade e maior retorno do que os fundos especializados. Esta constatação permanece na análise dos fundos com mesmo tipo de ativo, com exceção do setor de logística em que os fundos especializados apresentaram, em média, maior retorno e maior volatilidade do que os fundos diversificados com mesmo tipo de ativo. Analisando a relação risco e retorno dos fundos, os fundos imobiliários que investem em valores mobiliários se mostraram com a melhor relação risco e retorno de janeiro de 2011 a agosto de 2018 e os fundos especializados se mostraram com a melhor relação risco e retorno de março de 2014 a agosto de 2018. Adicionalmente, não foi possível obter significância estatística para avaliar a contribuição da taxa de performance para o retorno dos fundos, sendo que a taxa de performance se mostrou positiva apenas para o retorno dos fundos imobiliários diversificados. Ainda, foi observado que a variação da cota patrimonial apresentou significância estatística apenas para os fundos imobiliários que investem em valores mobiliários, nos dois períodos avaliados, e fundos diversificados de lajes corporativas no segundo período analisado, quando a regressão considerou o tipo de ativo, o que indica a existência de assimetria de informação.
Abstract: In addition to representing a source of funding for entrepreneurs that wish to invest in the real estate sector, Real Estate Investment Funds (FIIs) are a relevant investment alternative for physical persons, mainly due to the possibility of a tax benefit. The objective of this study was to analyze the performance of real estate investment funds in Brazil, comprising the impact of strategies for specialized investment in a single asset and the diversification of portfolios, as well as the effectiveness of agency conflict mitigation structures, such as performance fee. In addition, the study verified the existence of information asymmetry between the market value of the fund’s share and its net asset value per share. The sample comprised data from 74 FIIs listed in the BM&FBovespa IFIX Index, in September 2017, and considered data since IFIX creation. To check the hypotheses, we performed regression tests with Ordinary Least Squares (OLS) method, through Stata software, and the analyses covered the following periods: from January 2011 to August 2018, and from March 2014 to August 2018, with data obtained from Bloomberg, B3 and CVM database. The study found that real estate investment funds in Brazil do not follow the concept established in finance theory, in which diversified funds manage to minimize investment risk by diversifying its assets, since diversified funds showed higher volatility and higher return than specialized funds. This finding remains in the analysis of funds with the same type of asset, except in the logistic’s sector where specialized funds have, on average, higher returns and higher volatility than diversified funds with the same type of asset. Analyzing the risk and return relationship of the funds, real estate funds investing in securities showed the best risk and return ratio from January 2011 to August 2018 and specialized funds showed the best risk and return ratio from March 2014 to August 2018. Additionally, it was not possible to obtain statistical significance to evaluate the contribution of the performance rate to the return of the funds, and the performance rate was only positive for the return of diversified real estate funds. In addition, we observed that the variation of net asset value by share was only statistically significant for real estate funds that invest in securities, in the two periods and for diversified funds of corporate slabs, when the regression considered the type of asset, which indicates the existence of information asymmetry.
Palavras-chave: fundo de investimento imobiliário
REIT
risco e performance
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA)
Programa: Administração de Empresas
Citação: TEIXEIRA, Odilon Ferraroni. Fundos especializados versus fundos diversificados: análise de desempenho dos fundos de investimento imobiliários no Brasil (2011 – 2018). 2019. 68 f. Tese (Doutorado em Administração de Empresas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/4016
Data de defesa: 26-Abr-2019
Aparece nas coleções:Doutorado - Administração de Empresas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ODILON FERRARONI TEIXEIRA.pdfODILON FERRARONI TEIXEIRA4.32 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons