Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3804
Tipo do documento: Dissertação
Título: Impactos da regulação financeira, a partir de 2000, na estrutura e no desempenho do setor bancário brasileiro
Autor: Faria, Débora Campos de 
Primeiro orientador: Scarano, Paulo Rogério
Primeiro membro da banca: Gamboa, Ulisses Monteiro Ruiz de
Segundo membro da banca: Lima, André Fernandes
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo identificar como a regulamentação implementada afeta a rentabilidade e a estrutura de mercado das instituições financeiras, mais especificamente dos bancos comerciais, bancos múltiplos com carteira comercial e caixas econômicas, a partir da análise do setor sob a ótica do modelo Estrutura-Conduta-Desempenho e da Teoria da Regulação. Para tanto, recorreu-se à análise de dados em painel, envolvendo todos os bancos que operaram com carteira comercial no período compreendido entre o primeiro trimestre de 2000 e o quarto trimestre de 2017. Para tratar o desempenho bancário, utilizou-se como variável dependente o retorno em relação ao patrimônio líquido (ROE). Já como proxy para a análise do comportamento da estrutura do mercado bancário utilizou-se o índice de Herfindahl–Hirschman (HHI). Como variáveis explicativas, além daquelas relacionadas à eficiência bancária e ao ambiente macroeconômico tradicionalmente abordadas pela literatura econômica empírica, foram incluídas variáveis relacionadas à regulação governamental. Em relação ao papel da regulação no desempenho bancário, os resultados apontam que a participação do volume de crédito direcionado afeta negativamente o retorno das instituições financeiras medidas pelo ROE. Já em relação a estrutura de mercado, as variáveis relacionadas com a regulação, tais como a Remuneração do Depósito Compulsório, a Participação do Volume de Crédito Direcionado e as regulações relevantes com potencial para geração de barreiras à entrada (tratadas nos modelos como variáveis dummy), foram estatisticamente significativas, impactando positivamente nos níveis de concentração do setor. Os dados sugerem ainda que apesar de não afetar intensa e diretamente a rentabilidade do setor, a regulação interfere indiretamente nesse aspecto, ao contribuir para maior concentração do mercado.
Abstract: This paper aims to identify how does regulation affect comercial banks profitability and market structure, from the perspective of the Structure-Conduct-Performance paradigm and Theory of Economic Regulation. Panel data analysis were used containing all banks that operated with commercial portfolio between 2000 and 2017. To treat banking performance, it was used as dependent variable the return on equity (ROE). The Herfindahl-Hirschman index (HHI) was used as proxy to analyse market structure. As independent variables, in addition to those related to bank efficiency and macroeconomic environment, traditionally addressed by the empirical economic literature, variables related to government regulation were included. The results point out that Targeted Credit negatively affects bank’s profitability. Despite of this, variables related to regulation, such as Compulsory Deposit, Targeted Credit and relevant regulations with potential to create barriers to entry (treated in models as dummy variables), were statistically significant, positively impacting market’s concentration levels. Data also suggest that although it does not directly affect market’s profitability, regulation indirectly influences it by contributing to a greater market concentration.
Palavras-chave: regulação
rentabilidade
concentração
bancos
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA MONETARIA E FISCAL::INSTITUICOES MONETARIAS E FINANCEIRAS DO BRASIL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA)
Programa: Economia e Mercados
Citação: FARIA, Débora Campos de. Impactos da regulação financeira, a partir de 2000, na estrutura e no desempenho do setor bancário brasileiro. 2018. 100 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Economia e Mercados) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3804
Data de defesa: 7-Ago-2018
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional - Economia e Mercados

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Debora Campos de Faria_Dissertação.pdfDebora Campos de Faria1.02 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons