Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3654
Tipo do documento: Dissertação
Título: Diálogos entre design e cultura: marca olímpica Rio 2016
Autor: Campoy, Rafael 
Primeiro orientador: Mello, Regina Lara Silveira
Primeiro membro da banca: Duarte, Marcos Nepomuceno
Segundo membro da banca: Consolo, Maria Cecilia
Resumo: O trabalho disserta a respeito das relações entre design e cultura, compreendendo o campo das marcas de lugar como terreno fértil para essa discussão, dada a evolução e novos contornos do design e da marca na contemporaneidade. O estudo de caso da marca olímpica Rio 2016 visa fornecer subsídios necessários a esse diálogo. Além de pesquisa bibliográfica e documental, foram realizadas entrevistas com os principais executivos da agência Tátil Design de Ideias, vencedora da concorrência pública e responsável pela criação da marca. Um olhar para a criatividade contribui, juntamente com a perspectiva da metodologia de design empregada pela agência, a compreender etapas, processos e decisões que nortearam a criação da marca. Dado o ineditismo do tema no Brasil (criação de uma marca olímpica), complementam a análise as marcas das Olimpíadas de Munique 1972 e Barcelona 1992. Os resultados obtidos reforçam a perspectiva interdisciplinar do design, em suas relações com a cultura e a criatividade, apontam singularidades e rupturas com outras marcas olímpicas, tanto no processo criativo, quanto no resultado visual obtido. Além disso, qualifica a marca Rio 2016 como um legado para o design brasileiro.
Abstract: The paper discusses the relations between design and culture, understanding the field of place marks as fertile ground for this discussion, given the evolution and new contours of design and the brand in the contemporaneity. The case study of the Rio 2016 Olympic brand aims to provide the necessary support for this dialogue. In addition to bibliographical and documentary research, interviews were conducted with key executives of the agency Tátil Design de Ideias, winner of the public competition and responsible for creating the brand. A look at creativity contributes, along with the perspective of the design methodology employed by the agency, to understand the steps, processes and decisions that guided the creation of the brand. Given the novelty of the theme in Brazil (creation of an Olympic brand), the analysis of the marks of the Munich Olympics 1972 and Barcelona 1992 is complemented. The results obtained reinforce the interdisciplinary perspective of design, in its relations with culture and creativity, point out singularities and ruptures with other Olympic brands, both in the creative process and in the visual result obtained. In addition, it qualifies the Rio 2016 brand as a legacy for Brazilian design.
Palavras-chave: design
cultura
criatividade
marca-lugar
marca olímpica
Área(s) do CNPq: CNPQ::OUTROS::DESENHO DE PROJETOS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: CAMPOY, Rafael. Diálogos entre design e cultura: marca olímpica Rio 2016. 2018. 115 f. Dissertação (Educação, Arte e História da Cultura) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3654
Data de defesa: 7-Ago-2018
Aparece nas coleções:Mestrado - Educação, Arte e História da Cultura

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Rafael Campoy.pdfRafael Campoy4.11 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons