Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3640
Tipo do documento: Dissertação
Título: O profissional de sustentabilidade nas organizações: uma análise das suas trajetórias e narrativas de aprendizagem experiencial
Autor: Oliveira, Ana Lúcia Kropf Stockler de 
Primeiro orientador: Brunstein, Janette
Primeiro membro da banca: Sambiase, Marta Fabiano
Segundo membro da banca: Hourneaux Júnior, Flávio
Terceiro membro da banca: Prando, Roberto Augusto
Quarto membro da banca: Coelho Júnior, Pedro Jaime
Resumo: Este trabalho se propôs a discutir o contexto em que os profissionais de sustentabilidade emergem, como eles vêm aprendendo no exercício de suas funções e seu papel nas organizações. Para tal, a pesquisa abordou as bases conceituais acerca do tema sustentabilidade e analisou os processos de aprendizagem desse profissional, levando em consideração a Teoria da Aprendizagem Experiencial. Atualmente, as pressões de toda a sociedade em relação aos dilemas da sustentabilidade vêm se intensificando dia após dia. Há também um reconhecimento de que as empresas podem desempenhar um papel significativo na promoção da sustentabilidade. Em meio a essa dinâmica, emergem os profissionais de sustentabilidade no mercado, como uma resposta do empresariado a esse movimento de pressão e engajamento. Sendo assim, este estudo se propôs como objetivo principal descrever e analisar a trajetória de atuação destes profissionais de sustentabilidade ao longo do exercício de suas funções, buscando compreender o processo de aprendizagem dos mesmos. Como objetivo secundário, procurou analisar e discutir o papel e lugar que este profissional vem ocupando nas organizações, conhecendo desafios, dificuldades, avanços e tendências em suas trajetórias. Para tanto, conduziu-se uma pesquisa qualitativa ancorada no paradigma interpretativista, cuja estratégia de investigação foi a análise de narrativas. Na primeira etapa da pesquisa, foi realizada uma revisão sistemática da literatura sobre os profissionais de sustentabilidade. Na segunda etapa, foram entrevistados 12 profissionais de sustentabilidade de diversas empresas. Os resultados mostram que a maioria das empresas ainda se encontra em fase de desenvolvimento da sustentabilidade e que o papel desse profissional ainda está em construção de sentido. Alguns deles assumem o discurso empresarial e estão ali com a missão de transformar essa agenda que foi imposta às empresas em lucro ou benefícios outros. É quando seus esforços se concentram em “falar a linguagem dos negócios” e sua função se resume a tornar a área palatável para o universo corporativo. Suas trajetórias são permeadas por processos de aprendizagem, sobretudo informais, e por diversos desafios, entre eles: o “analfabetismo” em sustentabilidade nas empresas, a necessidade de reconhecimento da sua relevância e a constante ameaça de enxugamento da área. Em termos de avanços, destacam-se o aumento da pressão das novas gerações e da sociedade, bem como um acúmulo maior de conhecimento sobre sustentabilidade. Quanto às tendências, estas oscilam entre perspectivas positivas e negativas. Espera-se que o estudo possa ter contribuído para apresentar um mapeamento da trajetória desses profissionais no Brasil.
Abstract: This study aims to discuss the context in which sustainability professionals emerge, how they have learned in the exercise of their functions and their role in organizations. For this, the research addressed the conceptual bases on the sustainability theme and analyzed the learning processes of this professional considering the Experiential Learning Theory. Currently, the pressures of the whole society in relation to the dilemmas of sustainability have been intensifying day after day. There is also recognition that companies can play a significant role in promoting sustainability. In the midst of this dynamic, the professionals of sustainability emerge in the market, as a response of the business to this movement of pressure and engagement. Therefore, this study aims to describe and analyze the performance trajectory of these sustainability professionals throughout the exercise of their functions, seeking to understand their process of learning. As a secondary objective, it sought to analyze and discuss the role and place that this professional has been occupying in the organizations, knowing challenges, difficulties, advances and tendencies in their trajectories. For that, a qualitative research anchored in the interpretative paradigm was conducted, which strategy of investigation was the analysis of narratives. In the first stage of the research, a systematic review of the literature on sustainability professionals was carried out. In the second stage, 12 sustainability professionals from different companies were interviewed. The results show that the majority of companies are still in the development phase of sustainability and that the role of this professional is still in the process of making sense. Some of them take the business speech and are there with the mission to transform that agenda that was imposed on companies for profit or other benefits. It is when his efforts focus on "speaking the language of business," and his job is simply to make the area palatable to the corporate universe. Its trajectories are permeated by learning processes, especially informal ones, and by several challenges, among them: "illiteracy" in sustainability in companies, the need to recognize their relevance and the constant threat of downsizing in the area. In terms of advances, the increase in pressure from the new generations and from society, as well as a greater accumulation of knowledge about sustainability, stand out. As for the trends, these oscillate between positive and negative perspectives. It is hoped that the study may have contributed to mapping the trajectory of these professionals in Brazil.
Palavras-chave: sustentabilidade
responsabilidade social
desenvolvimento sustentável
profissional de sustentabilidade
aprendizagem experiencial
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA)
Programa: Administração de Empresas
Citação: OLIVEIRA, Ana Lúcia Kropf Stockler de. O profissional de sustentabilidade nas organizações: uma análise das suas trajetórias e narrativas de aprendizagem experiencial. 2018. 172 f. Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3640
Data de defesa: 8-Fev-2018
Aparece nas coleções:Mestrado - Administração de Empresas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ANA LUCIA K S DE OLIVEIRA.pdfANA LUCIA K S DE OLIVEIRA6.48 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons