Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3098
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ideias linguísticas no século XVI : o pensamento de João de Barros – uma análise pela historiografia da linguística
Autor: Silva, Paulo Henrique Gonçalves Oliveira da 
Primeiro orientador: Batista, Ronaldo de Oliveira
Primeiro membro da banca: Bastos, Neusa Maria Oliveira Barbosa
Segundo membro da banca: Palma, Dieli Vesaro
Resumo: Esta pesquisa científica, financiada pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e pelo Programa de Pós Graduação em Letras da Universidade Presbiteriana Mackenzie, tem como objetivo analisar do ponto de vista da Historiografia da Linguística duas obras do século XVI, de autoria de João de Barros, com vistas principalmente à maneira pela qual se deu o tratamento do processo comunicativo nelas: a Grammatica da Lingua Portuguesa (1540) e o Dialogo em Louvor da Nossa Linguagem (1540). A partir das reflexões, parâmetros e princípios de análise propostos por Pierre Swiggers e Konrad Koerner, buscou-se analisar em que medida os elementos externos influenciaram o pensamento de João de Barros em sua gramática e apologia e como o processo comunicativo se mostra inserido em compêndios como esses, que não tinham como característica tratar dessa questão. Por meio de instrumentos de pesquisa que consideram o contexto histórico, os movimentos próprios de cada época e a influência que esses meios externos exercem sobre os documentos históricos, conseguiu-se interpretar o corpus selecionado e perceber que embora a tradição em que as obras estão inseridas não leve em conta explicitamente o processo comunicativo, pode-se observar que o olhar sobre a comunicação está presente nelas de modo implícito.
Abstract: This scientific research, financed by CAPES and Mackenzie Presbiterian University, has as its main goal the proposal of a historiographic analysis of two compendia written by João de Barros in sixteenth century, focusing on how the author treated the communicative process in each of them: Grammatica da lingua portuguesa (1540) and Dialogo em louvor da nossa linguagem (1540). Through the reflections, parameters and principles of analysis proposed by Pierre Swiggers and Konrad Koerner, we sought to analyze in which measure the external elements influenced João de Barros’ thoughts presented in his grammar and apology and how the communicative process shows itself to be inserted in this genre of text, which traditionally did not approach this subject. With research apparatus that consider the historical context, the artistic movements and the influence that these external elements exert over the historical documents, we interpreted the corpus selected and observed that, even though the tradition in which these productions are inserted does not explicitly address the communicative process, it is implicitly present in these documents.
Palavras-chave: historiografia da linguística
gramática
língua portuguesa
processo comunicativo
Área(s) do CNPq: CNPQ::OUTROS
CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Comunicação e Letras (CCL)
Programa: Letras
Citação: SILVA, Paulo Henrique Gonçalves Oliveira da. Ideias linguísticas no século XVI : o pensamento de João de Barros – uma análise pela historiografia da linguística. 2017. 87 f. Dissertação( Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/3098
Data de defesa: 3-Fev-2017
Aparece nas coleções:Mestrado - Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Paulo Henrique Gonçalves Oliveira da Silva.pdf Paulo Henrique Gonçalves Oliveira da Silva1.23 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons