Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2926
Tipo do documento: Tese
Título: Os sertões no século XXI: a beleza que Euclides não viu
Autor: Cabello, Camila Faustinoni 
Primeiro orientador: Rizolli, Marcos
Primeiro coorientador: Tiburi, Marcia Angelita
Primeiro membro da banca: Schwartz, Rosana Maria Pires Barbato
Segundo membro da banca: Oliveira, Pelópidas Cypriano de
Terceiro membro da banca: Lopez, André Porto Ancona
Quarto membro da banca: Duarte, Keller Regina Viotto
Resumo: Fruto de uma experiência formativa interdisciplinar e de uma pesquisa empírica, teórica e documental, este trabalho consiste na tessitura de uma rede de conhecimentos culturais, que compõe uma etnografia audiovisual sobre a cidade de Canudos no sertão baiano, a partir da voz das mulheres, no contexto do século XXI. A invisibilidade histórica a que as mulheres foram submetidas se confirma novamente quando Euclides da Cunha, em Os Sertões, reduz a narrativa e o registro de suas existências à quase nulidade, apesar de elas terem sido a grande maioria da população na Companhia de Antônio Conselheiro. O passado age inevitavelmente sobre o presente, especialmente quando se vive em um solo que absorveu o sangue de milhares de vítimas de um genocídio impetrado em nome da ordem, escondido sob o manto da construção da democracia e silenciado pelos aparelhos ideológicos do Estado durante muito tempo. Canudos passou pelo extermínio através de uma guerra sangrenta promovida pelo Estado (1896-1897); se reorganizou em 1910 sobre as ruínas de Belo Monte, que foram totalmente inundadas pelo Açude do Cocorobó em 1969. Canudos reconfigurou-se ao redor do açude, constituindo-se um município em 1985. A força da história, da cultura e da sociedade age sobre as pessoas, que desenvolvem sua autonomia de significados, a partir de perspectivas sobre si mesmas, sobre o outro e sobre o mundo, alimentadas pela sua própria imaginação pessoal e pela sua trajetória de vida. O encontro entre biografias e culturas é o principal objeto desta pesquisa, que mergulha no imaginário e na realidade de mulheres que hoje vivem em Canudos. A etnografia e a etnobiografia são princípios metodológicos norteadores da pesquisa, que aqui se desenha conceitualmente em um material experimental e transmidiático, que associa linguagens como fotografia, audiovisualidades, textualidades e oralidades no intuito de abranger a complexidade da dimensão cultural e pessoal das personagens, bem como, a expressão e divulgação das narrativas construídas pela autora, dispostas em uma rede de pesca cultural pós-moderna, a ser consolidada em um webdocumentário.
Abstract: The result of an interdisciplinary formative experience and an empirical, theoretical and documentary research, this work consists in the union of a cultural network , composing an audiovisual ethnography of Canudos in the its backlands, from the point of view of women during the twenty-first century. The historical invisibility to which women were subjected confirmed again when Euclides da Cunha in the book Rebellion in the Backlands, reduces the narrative and the registers of their stocks to almost null, even though they were the majority of the population in Antonio Conselheiro group. The past acts inevitably on this, especially when living in a soil that absorbed the blood of thousands of victims of genocide filed in the name of the order, hidden under the cloak of the democracy and silenced by the ideological apparatuses of the state for a long time. Canudos went through the extermination in a bloody war promoted by the State (1896-1897); It reorganized in 1910 on the ruins of Belo Monte, which was totally flooded by the construction of Cocorobó’s Dyke in 1969. Canudos waz reconfigured around the dam, constituting a municipality in 1985. The force of history, culture and society acts on the people who develop their range of meanings, from perspectives about themselves, others and about the world, powered by their own personal imagination and life story. The union between biographies and cultures is the main object of this research, which plunges into the imagination and reality of women who now live in Canudos. Ethnography and ethnobiography are methodological principles that guides this research, which we conceptually foresee an experimental and transmedia material, that combines different views such as photography, audiovisual, textuality and orality in order to cover the complexity of the cultural dimension of the characters as well as the expression and dissemination of the narratives constructed by the author, arranged in a postmodern cultural network, to be consolidated in a web documentary.
Palavras-chave: Canudos
fotografia
etnografia
etnobiografia
webdocumentário
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::TEORIA DA COMUNICACAO
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT)
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: CABELLO, Camila Faustinoni. Os sertões no século XXI: a beleza que Euclides não viu. 2016. 160 f. Tese( Educação, Arte e História da Cultura) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2926
Data de defesa: 12-Ago-2016
Aparece nas coleções:Doutorado - Educação, Arte e História da Cultura

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Camila Faustinoni Cabello.pdfCamila Faustinoni Cabello18.33 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons