Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2848
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorOnça, Silvania da Silva-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3718728807183087por
dc.contributor.advisor1Bido, Diógenes de Souza-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7757562071320086por
dc.contributor.referee1Teixeira, Maria Luisa Mendes-
dc.contributor.referee2Souza, Cesar Alexandre de-
dc.contributor.referee3Hanashiro, Darcy Mitiko Mori-
dc.contributor.referee4Silva, Dirceu da-
dc.date.accessioned2016-09-20T15:17:46Z-
dc.date.issued2016-05-19-
dc.identifier.citationONÇA, Silvania da Silva. Examinando o impacto dos comportamentos de aprendizagem grupal, dos estímulos, da prontidão à aprendizagem e da segurança psicológica na satisfação com a equipe de trabalho. 2016. [150 f.]. Tese (Administração de Empresas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, [São Paulo].por
dc.identifier.urihttp://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2848-
dc.description.resumoErros na assistência à saúde podem ser evitados com a implementação de práticas profissionais mais eficazes, melhoria do trabalho em equipe, aprimoramento de técnicas profissionais das equipes de enfermagem e aumento da satisfação com a equipe de trabalho. Ao desempenhar tarefas nterdependentes, compartilhar objetivos, manter e gerenciar suas fronteiras em uma instituição hospitalar, equipes de enfermagem agem e refletem caracterizando os comportamentos de aprendizagem grupal. Como os processos de grupo são considerados os principais determinantes da eficácia das equipes de enfermagem, o objetivo deste trabalho é avaliar empiricamente os comportamentos de aprendizagem grupal como mediadores das relações entre os estímulos positivos e negativos, da prontidão para a aprendizagem e da segurança psicológica com a satisfação das equipes de trabalho consideradas no nível meso de análise. Para a correta avaliação, foram redefinidos conceitualmente os construtos estímulos e prontidão para a aprendizagem grupal e os fatores: estímulos positivos e negativos para a aprendizagem grupal. Participaram do estudo, 87 equipes de enfermagem (enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem) com três a doze membros. Os grupos que apresentaram valores abaixo de 4 na escala de interdependência de tarefas (1 a 7) foram excluídos da análise. Posteriormente, os dados foram agregados no nível da equipe e analisados por meio da modelagem de equações estruturais com estimação por mínimos quadrados parciais (Partial Least Squares – Path Modeling). Os resultados confirmaram a predição: a) da prontidão para a aprendizagem grupal nos comportamentos de aprendizagem grupal e, b) dos comportamentos de aprendizagem grupal e da segurança psicológica na satisfação com a equipe de trabalho. Tamanho da equipe mostrou impactar negativamente nos comportamentos de aprendizagem grupal. Não foram confirmados os efeitos moderadores da prontidão para a aprendizagem grupal e da segurança psicológica nas relações entre os estímulos positivos e negativos para a aprendizagem e os comportamentos de aprendizagem grupal.por
dc.description.abstractErrors in health assistance can be avoided with the implementation of more effective professional practices, teamwork improvement, enhancement of professional techniques of nursing teams and increased satisfaction with the teamwork. When carrying out interdependent tasks, sharing objectives, maintaining and managing their borders in a hospital institution, nursing teams act and reflect characterizing the group learning behaviors. As the group processes are considered the main determinants of the effectiveness of the nursing teams, the aim of this research is to empirically evaluate the group learning behaviors as mediators of the relationship between the positive and negative stimuli, readiness for group learning and psychological safety with the atisfaction with work in group in the meso level of analysis. For the appropriate evaluation, it was conceptually redefined stimuli constructs and readiness for the group learning and factors: positive and negative stimuli for group learning. Participated in the study, 87 nursing teams (nurses, technicians and nursing assistants) with three to twelve members. The groups which had values below 4 in the task interdependence scale (1 to 7) were excluded from analysis. Later, the data were aggregated at the team level and analyzed using structural equation modeling with partial least squares estimation (Partial Least Squares - Path Modeling). The results confirmed the prediction: a) of the readiness for group learning in the group learning behaviors and, b) of the group learning behaviors and the psychological security in satisfaction with the teamwork. The size of the team showed negatively impact on the group learning behaviors. The moderating effects of readiness for group learning and psychological security in relations between the positive and negative stimuli for learning and group learning behaviors have not been confirmed.eng
dc.description.provenanceSubmitted by Aline Martins (1146629@mackenzie.br) on 2016-09-05T23:34:23Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Silvania da Silva Onça.pdf: 2291158 bytes, checksum: 94ec6de89535d9e0bea6f7ffa6d41b3f (MD5)eng
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Paola Damato (repositorio@mackenzie.br) on 2016-09-20T15:17:46Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Silvania da Silva Onça.pdf: 2291158 bytes, checksum: 94ec6de89535d9e0bea6f7ffa6d41b3f (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-09-20T15:17:46Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Silvania da Silva Onça.pdf: 2291158 bytes, checksum: 94ec6de89535d9e0bea6f7ffa6d41b3f (MD5) Previous issue date: 2016-05-19eng
dc.description.sponsorshipUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/11248/Silvania%20da%20Silva%20On%c3%a7a.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.publisher.departmentCentro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA)por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.programAdministração de Empresaspor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/-
dc.subjectcomportamentos de aprendizagem grupalpor
dc.subjectestímulos para aprendizagem grupalpor
dc.subjectsegurança psicológicapor
dc.subjectsatisfação com a equipe de trabalhopor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESASpor
dc.titleExaminando o impacto dos comportamentos de aprendizagem grupal, dos estímulos, da prontidão à aprendizagem e da segurança psicológica na satisfação com a equipe de trabalhopor
dc.typeTesepor
dc.keywordsgroup learning behaviorseng
dc.keywordsstimuli for group learningeng
dc.keywordsreadiness for group learningeng
dc.keywordspsychological safetyeng
dc.keywordssatisfaction with the work teameng
Aparece nas coleções:Doutorado - Administração de Empresas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Silvania da Silva Onça.pdfSilvania da Silva Onça2.24 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons