Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1576
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorAndrade, Elizabete Maria de Almeidapt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5050614672499996por
dc.contributor.advisor1Macedo, Elizeu Coutinho dept_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0683719309513445por
dc.contributor.referee1Capovilla, Alessandra Gotuzo Seabrapt_BR
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7828325860191703por
dc.contributor.referee2Nascimento, Monalisa Munizpt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/9444899939943716por
dc.date.accessioned2016-03-15T19:39:51Z-
dc.date.available2012-08-30pt_BR
dc.date.issued2012-05-24pt_BR
dc.identifier.citationANDRADE, Elizabete Maria de Almeida. Abordagem fônica para remediar a defasagem na aquisição de leitura e escrita: o papel da capacitação de professores. 2012. 116 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2012.por
dc.identifier.urihttp://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1576-
dc.description.resumoAvaliações nacionais e internacionais revelam que ainda há muitas crianças brasileiras que apresentam dificuldades em ler e escrever corretamente. As políticas educacionais têm ignorado estudos científicos que comparam a eficácia dos métodos de alfabetização. Diante deste quadro, é necessário fazer uma revisão crítica dos Parâmetros Curriculares Nacionais e introduzir métodos de ensino mais eficazes para solucionar ou remediar atrasos no desenvolvimento de habilidades de leitura e escrita. As vantagens das abordagens fônicas são apresentadas em estudos recentes. O objetivo do estudo foi avaliar o efeito de intervenção baseada na abordagem fônica para a superação das dificuldades de leitura e escrita em crianças do ensino fundamental, por meio da capacitação de professores para a alfabetização pelo método fônico. 61 alunos de 3º e 4º anos do ensino fundamental público foram subdivididos em 3 grupos: Grupo Experimental (GE) formado por crianças com dificuldades em leitura e escrita e submetidas à intervenção fônica realizada por dois professores; Grupo de alunos sem dificuldades em leitura e escrita (GC1) que não foram submetidos à intervenção fônica; Grupo formado por alunos com dificuldades em leitura e escrita (GC2), e que não foram submetidos à intervenção fônica. Os participantes foram avaliados no início e no final do ano com os seguintes testes da Bateria de Leitura e Escrita (BALE): Teste de Nomeação de Figura por Escolha (TNF-Escolha), Teste de Competência de Leitura de Palavras (TCLP), Teste de Nomeação de Figura por Escrita (TNF-Escrita), Teste de Compreensão de Sentença Escrita (TCSE). Além disso, foram feitas comparações do nível de consciência fonológica (PCF) e dos estágios de leitura (EL) dos participantes do GE, antes e depois das intervenções. As intervenções foram feitas pelos professores do GE, com a utilização do Programa de Alfabetização Fônica Computadorizada e de Atividades Fônicas Escritas e Orais. Resultados mostraram que houve melhoras significativas do GE em relação ao GC2 em todos os testes da BALE. Também houve melhoras significativas do GE na PCF, no EL e no os subitens do TCLP e do TNF-Escrita, quando comparados os resultados antes e depois das intervenções. Com relação aos grupos que não foram submetidos à intervenção, o GC2 permaneceu estável, sem ganhos significativos e o GC1 apresentou ganhos significativos entre o pré e o pós-teste. Tais resultados sugerem que o efeito da escolarização é maior para as crianças sem dificuldades com a leitura e escrita. No entanto, crianças com dificuldade de leitura e escrita se beneficiaram com a intervenção baseada na abordagem fônica.por
dc.description.abstractNational and international assessments show that there are many Brazilian children who have difficulties to read and write properly. Educational policies have ignored scientific studies that compare the effectiveness of literacy methods. Given this context, it is necessary to make a critical review of the National Curriculum and introduce more effective teaching methods to address or remedy delays in the development of reading and writing skills. The advantages of phonic approaches are presented in recent studies. The objective of this study was to evaluate the effect of intervention based on the phonics approach to overcoming the difficulties of reading and writing in children of basic education, through teacher training for literacy by the phonic method. 61 students in 3o and 4o grades of the public elementary school were divided into three groups: Experimental Group (EG) consisted of children with reading and writing difficulties and submitted to phonics intervention carried out by two teachers; Group of students without difficulties in reading and writing (GC1) that were not submitted to phonics intervention; Group formed by students with reading and writing (GC2), and that did not undergo intervention phonics. Participants were assessed at begin and end of year with the following tests of Reading and Writing Assessment Battery (RWAB): Picture Naming Test by choice (PNT-Choice), Word Reading Competence Test (WRCT), Picture Naming Test by Writing (PNT-Write), Reading and Sentence Comprehension Test (RSCT). In addition, comparisons were made of the level of phonological awareness (PA) and reading stages (RS) of GE participants before and after interventions. Interventions were made by GE teachers, using a software (Programa de Alfabetização Fônica Computadorizada) and phonics activities written and oral. Results showed significant improvements of GE when compared to the GC2 in all tests of RWAB. There were also significant improvements in the GE on the PA, RS, WRCT sub items and TNF Writing sub items. With respect to the groups that did not undergo intervention, GC2 remained stable without significant gains and GC1 showed significant gains between pre and post-test. These results suggest that the effect of schooling is greater for children with no difficulties with reading and writing. However, children with reading and writing difficulties have benefited from the intervention based on the phonics approach.eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-03-15T19:39:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Elizabete Maria de Almeida Andrade.pdf: 1206668 bytes, checksum: 0bc9de570c7df55d09fd6110b493045b (MD5) Previous issue date: 2012-05-24eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/3728/Elizabete%20Maria%20de%20Almeida%20Andrade.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.publisher.departmentPsicologiapor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.programDistúrbios do Desenvolvimentopor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectLeiturapor
dc.subjectEscritapor
dc.subjectAlfabetização fônicapor
dc.subjectFormação de professorespor
dc.subjectReadingeng
dc.subjectWritingeng
dc.subjectPhonic literacyeng
dc.subjectTeacher trainingeng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONALpor
dc.titleAbordagem fônica para remediar a defasagem na aquisição de leitura e escrita: o papel da capacitação de professorespor
dc.typeDissertaçãopor
Aparece nas coleções:Mestrado - Distúrbios do Desenvolvimento

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Elizabete Maria de Almeida Andrade.pdf1.18 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.